O que é FIBROMIALGIA?


A fibromialgia é uma das mais comuns condições de dor crônica, afetando diferentes etnias, condições culturais e financeiras na mesma proporção. Estima-se que afeta 3 a 6% da população mundial, sendo aproximadamente 75 a 90% mulheres.

Segundo o Colégio Americano de Reumatologia a fibromialgia é considerada uma doença crônica não transmissível de causa ainda não bem elucidada, caracterizada por dores generalizadas e presença de no mínimo 11 dos 18 pontos sensíveis específicos a palpação, tendo duração de no mínimo três meses, além de alteração na qualidade ou duração do sono. Sintomas A dor tem sido descrita como o principal sintoma. Outros sintomas são a fadiga, diminuição da concentração, humor negativo, diminuição na qualidade de sono e atividade global diminuída. A causa da dor permanece incerta, embora a participação de estressores crônicos psicológicos, geradores de dor periférica e mediadores inflamatórios tem sido proposta. O funcionamento alterado do sistema de nocicepção pode conduzir a uma alteração que gera desordem como uma agressão física, levando ao tecido traumatizado a dor localizada, ou um insulto psicológico como o stress. Devido a diversos fatores fisiológicos e psicológicos relacionados à dor e a fadiga do paciente com fibromialgia, 83% dos pacientes com fibromialgia não mantêm prática regular de exercícios aeróbicos, sendo sua maioria apresentando desempenho cardiorrespiratório abaixo do esperado. Tratamento e exercícios físicos Além do tratamento medicamentoso com o acompanhamento do médico, os exercícios físicos proporcionam grande benefício ao paciente, levando à diminuição de contraturas musculares, redução da fadiga, diminuição dos pontos- gatilho, melhora do condicionamento físico, aumento da força muscular e da flexibilidade. Porém, alguns cuidados devem ser tomados:

· ​Iniciar a prática de atividade física quando o paciente estiver sem dor ou com o mínimo tolerável - caso contrário ele abandonará rapidamente, uma vez que o exercício realizado com musculatura contraída (característica da doença) poderá piorar os sintomas;

· A prática deve ser realizada associada ao uso de medicação adequada prescrita pelo médico;

· Orientação de exercícios e alongamentos da forma adequada por um profissional habilitado, ajustando variáveis de duração, intensidade, frequência, métodos, materiais utilizados, considerando as características individuais do paciente.

A recomendação da prática de exercícios físicos em pacientes com fibromialgia engloba exercícios de alongamento, fortalecimento e aeróbios que devem progredir lentamente até que o mesmo consiga realizar 30 minutos sequenciais, partindo de intensidades leves, também com progressão gradativa. É fundamental apoio multidisciplinar para recomendar e auxiliar na adoção do estilo de vida ativo ao paciente com fibromialgia levando sempre em consideração suas características individuais, gravidade dos sintomas, objetivos e aptidão física.


Fonte: Sírio Libanês

14 visualizações

Rua Deputado Eliseu Teixeira, 488 , Ponta Verde, Maceió, Alagoas. CEP: 57035-240

TRABALHE CONOSCO: curriculo@hospitalvida.com

Tel: 82 3214.9700

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle